Redação em menos tempo

E-mail do vestibulando Heitor Cabral:

 

“Professor, apesar de ter melhorado as minhas redações, ainda venho falhando no quesito tempo. Demoro pelo menos duas horas para terminar uma

dissertação (como a do ENEM). Como posso diminuir esse tempo sem perder a organização?”

****

Caro Heitor, o tempo é um fator muito importante na elaboração de textos nos concursos, pois o candidato deve associar a tarefa redacional com outras questões da prova. Qualquer descontrole nessa divisão acarreta prejuízo. É preciso, então, ser metódico.

A consciência de que o nível de suas redações “está melhorando” pode ajudá-lo a se tornar mais ágil. Basta pensar que você não deixaria de escrever o que escreve caso utilizasse menos tempo para fazer a redação. Isso eu digo pelo que constato nas minhas aulas: os alunos mantêm a média mesmo quando redigem em classe, sob pressão. Às vezes, curiosamente, escrevem melhor. Uma das minhas hipóteses para explicar isso é que na classe eles ficam mais concentrados, pois não podem perder tempo. E quem tem tempo a perder acaba perdendo-o mesmo.

Grande parte do que se dedica “a mais” na confecção do texto é usada em atitudes inúteis, por vezes obsessivas, como reler palavras ou períodos. Experimente reler, e só uma vez, cada parágrafo já pronto. Depois releia a redação toda e mude o que achar conveniente.

Um bom roteiro ajuda. É melhor gastar cerca de meia hora com umesquema e depois ir em frente, sem interrupções, do que ficar mudando os rumos do texto. Também é útil, para escrever com presteza, usar um vocabulário transparente e objetivo. Hesitar demais entre um ou outro termo leva a que se perca mais tempo, pois essa tortura de “estilista” compromete o fluxo do pensamento.

Espero que essas dicas o ajudem.

Um abraço, e até a próxima.