Falou e disse

O anatomista social

Chico Viana (Publicado na seção Obra Aberta da revista Língua Portuguesa nº 89)   No autor maranhense, ciência e filosofia ajudam a ver a sociedade   Aluísio (Tancredo Belo Gonçalves) de Azevedo é o mais importante representante do Naturalismo em nossa literatura. Seu romance “O mulato”, publicado em 1881, inaugurou entre nós esse estilo de […]

By admin | Falou e disse
DETAIL

Ondismo

Cada vez mais comuns em provas de português são as questões que tratam da coerência e da coesão textuais. Antigamente, os exames eram mais para quem tinha memória. Quem dominasse a nomenclatura e soubesse de cor relações de coletivos, aumentativos, gêneros incomuns das palavras e coisas desse tipo – estava feito. Ficava em segundo plano […]

By admin | Escritos . Falou e disse
DETAIL

Não tema o trema

O uso do trema continua tirando pontinhos preciosos de candidatos a concursos. Tudo porque andaram espalhando por aí que esse tipo de acento não se usa mais. A verdade é que contaram só uma parte da história.Houve de fato um trema que caiu. Isso desde 18 dezembro de 1971, quando o então presidente Emílio G. […]

By admin | Escritos . Falou e disse
DETAIL

As cores de um poeta

Cruz e Sousa associa beleza a religiosidade para vencer as limitações do preconceito João da Cruz e Sousa (1861-1898) é o mais importante poeta do Simbolismo brasileiro. Filho de escravos alforriados, recebeu uma educação refinada graças ao patrocínio do seu ex-senhor. Isso lhe permitiu aprender francês, latim e grego. Mesmo assim sofreu muito com o […]

By Chico Viana | Escritos . Falou e disse
DETAIL

“O mundo em uma frase”

 Esse é o título do livro em que James Geary, editor na Europa da revista Time, faz um estudo sobre os aforismos ao longo do tempo. Ele mostra a evolução desse gênero desde quando era praticado por sábios e profetas até os dias de hoje.         Seu interesse é estabelecer a trilha […]

By admin | Escritos . Falou e disse
DETAIL

O lírico tem muitas vozes

Por Chico Viana                 (Publicado na seção Obra Aberta da revista Língua Portuguesa nº 101)     O novo e o tradicional se encontram na obra do poeta alagoano, sensível às desigualdades sociais           Lêdo Ivo nasceu a 18 de fevereiro de 1924, em Maceió (AL) e faleceu em 23 de […]

By admin | Escritos . Falou e disse
DETAIL

Nada de novo sob o sol

(Publicado na seção Obra Aberta da revista Língua Portuguesa nº 99) José Américo de Almeida introduziu no Modernismo brasileiro a tragédia dos conflitos sociais    José Américo de Almeida (10/01/1887-10/03/1980) tem importância histórica para a nossa literatura. Com “A bagaceira”, inaugurou o moderno regionalismo brasileiro. Quando o romance apareceu, em 1928, foi saudado pelo crítico Alceu Amoroso […]

By admin | Escritos . Falou e disse
DETAIL

A redação do Enem 2013

O tema de redação do Enem 2013 causou surpresa em muita gente, mas não foi considerado difícil. A relação entre álcool e direção aparece na mídia há algum tempo, com maior ou menor relevância, e quem acompanhava o noticiário tinha o que dizer sobre os efeitos da Lei Seca. O tema foi uma aposta de […]

By admin | Escritos . Falou e disse
DETAIL

O guia para a redação do Enem

O guia “A redação no Enem 2013”, divulgado recentemente pelo Inep para orientar os participantes, traz pequenas mudanças em relação à versão de 2012. Está, por exemplo, mais enxuto na descrição dos níveis de desempenho; diante disso, apresenta com mais simplicidade os requisitos que determinam as diferentes pontuações em cada um desses níveis. Outras mudanças […]

By admin | Escritos . Falou e disse
DETAIL

Retrato de um parnasiano

Chico Viana (Publicado na seção Obra Aberta da revista Língua Portuguesa nº 95)   Na obra de Olavo Bilac, Bilac, a obsessão pela forma equilibra-se com a expressão da subjetividade   Olavo (Braz Martins dos Guimarães) Bilac nasceu no Rio de Janeiro em 16 de dezembro de 1865; faleceu na mesma cidade, em 28 de dezembro de […]

By admin | Escritos . Falou e disse
DETAIL