Miniantologia

Irandê Antunes

        A competência de escrever – com as palavras certas para os lugares certos – não se desenvolve em experiências de oralidade; somente pode ser conseguida e ampliada em atividades de escrever. (Irandé Antunes, em “Território das palavras”)

DETAIL

H. L. Mencken

“Não consigo me lembrar de nenhum personagem masculino criado por uma mulher que não seja no fundo um palerma.”

DETAIL

Georges Simenon

“Não é nada surpreendente tornar-se um homem maduro e depois um velho. Mas basta cortarem as pontas do seu bigode para que um homem não se reconheça mais.”                               (Em “Memórias de Maigret”)

DETAIL

Marcel Proust

“Um livro eivado de teorias é como um objeto com etiqueta de preço. E esta exprime ao menos um valor que, em literatura, o raciocínio lógico diminui.”

DETAIL

Tom Wolfe

“Aquilo que escrevo quando me obrigo a fazê-lo costuma ser tão bom quanto o que escrevo quando me sinto inspirado. Trata-se principalmente de se forçar a escrever.”

DETAIL

Susan Greenfield

 “Não concordo com os especialistas que sugerem distribuir tablets aos alunos. Isso não resolve. A única maneira de prender a atenção das crianças nos dias de hoje é ter professores inspiradores. A tecnologia é fundamental e excitante, mas, sozinha, não identifica nem desenvolve talentos.”

DETAIL

Anne Lamott

     “O perfeccionismo é a voz da opressão, o inimigo do povo. Ele o manterá reprimido e insano por toda a vida e será o maior obstáculo entre você e um primeiro esboço (de texto) ruim. Acho que o perfeccionismo se baseia na crença obsessiva de que, se você andar com bastante cuidado, pisando […]

DETAIL

Diogo Mainardi

Até aquele momento, eu sempre pensara que, se meu filho permanecesse em estado vegetativo, eu esperaria que ele morresse. Depois do primeiro contato com Tito no corredor do claustro do hospital de Veneza, tudo se transformou. Eu só queria que ele sobrevivesse, porque eu o amaria e o acudiria de qualquer maneira. Entre a vida […]

DETAIL

Natalie Goldberg

“Os bons livros revelam quem somos e como podemos ser.” 

DETAIL

Rubem Braga (4)

João, o povo, na noite imensa, festeja a ti. Há fogueiras e amores e bebedeiras, mas eu não irei a festa nenhuma. Amanhã, João, esse povo continuará na vida. Por que o distrais com teus fogos, João? Amanhã, os pobres estarão mais pobres e os ricos os esmagarão, e muitos homens irão clamar nas cadeias, […]

DETAIL